Overclock Extremo

HWBOT Country Cup 2018 – Um chamado às armas!

Olá pessoal, tudo certo?

De quatro anos em quatro anos, muitas pessoas param seus afazeres e trabalho para acompanhar a Copa do Mundo, que trata-se de uma competição esportiva entre países cujos times em tese são formados pelos melhores jogadores de cada nação, onde o objetivo para alguns países é simplesmente chegar na final e levar o primeiro lugar para casa enquanto outros se contentam, seja por falta de recursos ou “tradição”, em ver o quão longe conseguem chegar. Bom, toda essa conversa é interessante mas qual a relação que isso tem com um site sobre hardware e overclock? Simples! Quer participar da Copa do Mundo do hardware? Chegou ao lugar certo! Com vocês, a 10ª edição da HWBOT Country Cup!!! 😀

Para quem não conhece o HWBOT, o site se trata de uma espécie de database de resultados de benchmark em todo e qualquer tipo de hardware (CPUs x86 ou ARM, GPUs…) e que também é conhecida como a “liga mundial do overclock” pois eles também abrigam rankings em diversos níveis, competições de overclock e permitem a formação de equipes sendo que desde 2009, todo final do ano eles cediam a Country Cup, que é uma competição de overclock que envolve o esforço conjunto de todas pessoas que defendem a bandeira do país, independente de sua equipe ou liga a qual pertence.

(Primeiro wallpaper da competição)

Sobre a estrutura da competição, ela é composta de dez estágios com diferentes benchmarks e requerimentos de hardware, onde cada país precisa de um número X de resultados utilizando componentes diferentes para obter a pontuação do país, que no caso, é a média desses resultados, ou seja, fica claro que o objetivo primário aqui é completar o número de resultados e após isso, tentar melhorar as pontuações.

Em outras palavras, o desafio aqui é juntar as pessoas dispostas a contribuir, lutar para obter os resultados necessários e todo mundo acabar se divertindo no processo, portanto, trabalho em equipe! 🙂

Vamos a uma descrição das regras e de cada estágio, irei atualizar esse post conforme a competição for rolando e ela encerra dia 31/12/2018 12:00 +0000.

EDIT 7/12/2018 – 15:03: O Ricardo Naud do canal Casualgamers fez uma planilha com o hardware para ajudar na nossa organização, segue o link:

https://docs.google.com/spreadsheets/d/1aswrqB07_wbKnZcaB2vFsEM5_IxZBKO2R4CKvMJYj0I/edit?fbclid=IwAR1ME9xgGHOghaNgzONWpmYWqkraJDt_mBz_Q8-1JkPBWmmRARsJU6Ia8Io#gid=1879868383

Estágio 1 – HWBOT x265 Benchmark 4k – 8 resultados por país:

Regras: 

CPUs de servidor (exemplo, qualquer Xeon, Opteron ou Epyc) não são permitidos, CPUs ES não são permitidos, necessário a inclusão de uma foto do hardware que mostre o mesmo de forma clara e apenas um CPU por socket, o que significa que se alguém enviar um resultado com i7 9900K e alguém tentar enviar um com i7 7700K, apenas o melhor dos dois (obviamente o 9900K) que irá contar para o país.

Também é necessário ficar atento ao wallpaper da competição e a necessidade de incluir a aba Mainboard do CPU-Z além das usuais CPU e Memory no screenshot!!! Lembrando que esse benchmark já salva o screenshot na hora em que vc clica para ele salvar o arquivo, então acertem as 3 janelas do CPU-Z na tela e o wallpaper antes de salvar. 😉

Screenshot exemplo:

Dicas: Alterar a prioridade para Realtime ali na janela do benchmark. Esse benchmark é longo e extremamente pesado (bem mais que um Cinebench por exemplo) pois o mesmo utiliza AVX, então mantenham a refrigeração do VRM e do CPU em dia quando forem rodar o mesmo.

Estágio 2 – Cinebench R15/core – 8 resultados por país:

Regras: CPUs de servidor (exemplo, qualquer Xeon, Opteron ou Epyc) não são permitidos, CPUs ES não são permitidos, necessário a inclusão de uma foto do hardware que mostre o mesmo de forma clara e apenas um CPU por socket.

Também é necessário ficar atento ao wallpaper da competição e a necessidade de incluir a aba Mainboard do CPU-Z no screenshot!!! Tomem cuidado na hora de organizar as janelas do CPU-Z para que nada obstrua a imagem renderizada do Cinebench pois isso vai contra as regras do HWBOT, algo que pode parecer apenas chatisse dos caras mas é assim porque em um passado recente teve gente editando “de leve” a imagem para ganhar uns pontos no benchmark.

PARA CPUs AM4/TR4 OU INTEL ANTERIORES AO SKYLAKE É NECESSÁRIO USAR WINDOWS 7 PARA ESSE BENCHMARK, WINDOWS 8/8.1/10 NÃO SÃO PERMITIDOS!!!!!!!!!!!

Screenshot exemplo:

Dicas: Se possível alterar a prioridade para Realtime é uma boa e não estranhem se o computador parecer travado durante o teste, é normal nesse caso. O resultado é dividido pelo número de cores do seu CPU, por exemplo, para um resultado LGA1151, um 7350K @ 5GHz tende a ser equivalente a um i9 9900K @ 5GHz por conta disso.

Estágio 3 – Reference Frequency (BCLK, HTT, FSB…) – 6 resultados por país

Regras: CPUs de servidor (exemplo, qualquer Xeon, Opteron ou Epyc) não são permitidos, CPUs ES não são permitidos, necessário a inclusão de uma foto do hardware que mostre o mesmo de forma clara e apenas um CPU por socket.

Também é necessário ficar atento ao wallpaper da competição e a necessidade de um screenshot com CPU-Z CPU/DRAM/Memory além do link de validação do CPU-Z.

Screenshot exemplo:

Dicas: Aperte F7 no CPU-Z para ele gravar o arquivo .cvf na mesma pasta em que ele estiver instalado para upar o mesmo posteriormente nesse link, lembrando que existe um pequeno delay (cerca de 3s) até ele efetivamente salvar o arquivo.

Estágio 4 – SuperPI 32M – AMD Only – 6 resultados por país

Regras: CPUs de servidor (exemplo, qualquer Xeon, Opteron ou Epyc) não são permitidos, CPUs ES não são permitidos, necessário a inclusão de uma foto do hardware que mostre o mesmo de forma clara e apenas um CPU por socket, o que significa que se alguém enviar um resultado com Ryzen 7 2700X e outro tentar enviar um com Ryzen 5 1600X, apenas o com melhor tempo vai contar para o país.

Também é necessário ficar atento ao wallpaper da competição e a necessidade de incluir a aba Mainboard do CPU-Z no screenshot!!!

PARA CPUs AM4/TR4 OU INTEL ANTERIORES AO SKYLAKE É NECESSÁRIO USAR WINDOWS 7 PARA ESSE BENCHMARK, WINDOWS 8/8.1/10 NÃO SÃO PERMITIDOS!!!!!!!!!!!

Screenshot exemplo:

Dicas: Em plataformas anteriores a AM4 é aconselhável usar o Windows XP para esse benchmark e se possível, façam os procedimentos desse tópico pois isso melhora e muito o tempo no benchmark! Para quem prefere em formato vídeo, esse aqui contém essas mesmas instruções e ainda vai um pouco além!

Memórias com timings agressivos e clocks altos também fazem muita diferença nesse benchmark. 😉

Estágio 5 – GPUPI 1B CPU – Single Core Only – 3 resultados por país

Regras: CPUs de servidor são permitidos aqui, CPUs ES não são permitidos, necessário a inclusão de uma foto do hardware que mostre o mesmo de forma clara e apenas um CPU por socket, o que significa que se alguém enviar um resultado com P4 631 e outro tentar enviar um com Celeron 430, apenas o melhor dos dois que irá contar para o país e a versão do GPUPI usada é a 3.2.

Também é necessário ficar atento ao wallpaper da competição e a necessidade de incluir a aba Mainboard do CPU-Z no screenshot!!! No caso do GPUPI, após o benchmark encerrar, não fechem aquela janelinha “Pi calculation is done”, abram as 3 instâncias do CPU-Z, coloquem o wallpaper, cliquem em “Submit” e depois “Save result”, é imprescindível marcar a caixa “save screenshot” antes de dar OK pois caso contrário, o benchmark não inclui o screenshot no arquivo de validação.

Screenshot exemplo:

Dicas: Batch Size e Reduction Size podem ser ajustados livremente sendo que pela minha experiência, os melhores valores para CPUs single core são 4M e 128~512 respectivamente. Esse benchmark deve levar cerca de 1 hora para completar nesses CPUs, então deixe esse PC encostado rodando essa joça e vá tomar um café enquanto isso. 🙂

Estágio 6 – 3DMark05 – VGAs Dual GPU – 5 resultados por país

Regras: Hardware de servidor (exemplo, qualquer Xeon, Opteron, Epyc ou Tesla) não são permitidos, CPUs ES não são permitidos, Titan-Z ou Radeon Pro Duo não são permitidas, necessário a inclusão de uma foto do hardware que mostre o mesmo de forma clara e apenas uma VGA dual GPU por sistema.

Também é necessário ficar atento ao wallpaper da competição e a necessidade de incluir a aba Mainboard do CPU-Z no screenshot além da aba Sensors do GPU-Z!!!

PARA CPUs AM4/TR4 OU INTEL ANTERIORES AO SKYLAKE É NECESSÁRIO USAR WINDOWS 7 PARA ESSE BENCHMARK, WINDOWS 8/8.1/10 NÃO SÃO PERMITIDOS!!!!!!!!!!!

Screenshot exemplo (não é de dual gpu pois não tenho nenhuma VGA assim por aqui mas sigam esse mesmo padrão de screenshot):

Dicas: Esse benchmark é absolutamente CPU bound e plataformas Intel se saem melhor nele, portanto, CPU rodando com clock no talo é o que há!

Os CPU Test não são obrigatórios para o resultado, então desabilite-os. Usem essas keys para ativar o benchmark!

Para VGAs nVidia utilize Windows XP, para AMD use Windows 7.

Estágio 7 – 3DMark01 – CPU AMD/GPU AMD – 5 resultados por país

Regras: Apenas hardware fabricado pela AMD tanto CPU quanto GPU (exceto Vega FE), CPUs ES não são permitidos, apenas um GPU por sistema, necessário a inclusão de uma foto do hardware que mostre o mesmo de forma clara.

Também é necessário ficar atento ao wallpaper da competição e a necessidade de incluir a aba Mainboard do CPU-Z no screenshot além da aba Sensors do GPU-Z!!!

PARA CPUs AM4/TR4 OU INTEL ANTERIORES AO SKYLAKE É NECESSÁRIO USAR WINDOWS 7 PARA ESSE BENCHMARK, WINDOWS 8/8.1/10 NÃO SÃO PERMITIDOS!!!!!!!!!!!

Screenshot exemplo (não é do 3dmark01 pois ainda não rodei o mesmo, no entanto, sigam esse mesmo padrão de screenshot):

Dicas: Usem esse guia do Vivi, que ensina fazer todos os tweaks pro 3dmark01.

Windows XP e Phenom II com placas-mãe até 890FX (Tirando as Gigabyte AM3+ que usam BIOS ao invés de UEFI, todas mobos AM3+ são bem ineficientes nesse benchmark) são o caminho se possível usar.

Estágio 8 – GPUPI 32B – AMD Single GPU – 5 resultados por país

Regras: Hardware de servidor (exemplo, Radeon PRO ou Tesla) não são permitidos, CPUs ES não são permitidos, apenas VGAs AMD com um GPU por sistema (exceto Vega FE), necessário a inclusão de uma foto do hardware que mostre o mesmo de forma clara e apenas uma VGA dual GPU por sistema.

Também é necessário ficar atento ao wallpaper da competição e a necessidade de incluir a aba Mainboard do CPU-Z no screenshot além da aba Sensors do GPU-Z!!!

Screenshot exemplo:

Dicas: Batch Size e Reduction Size podem ser ajustados livremente e o melhor ajuste é diferente para diferentes GPUs, portanto, recomendo dar uma olhada nos resultados que estão em primeiro lugar na categoria da VGA disponível para tentar abstrair alguma coisa.

Estágio 9 – 3DMark Night Raid – IGPs – 5 resultados por país

Regras: É necessário incluir o link de validação da UL (antiga Futuremark) junto ao resultado, ES não são permitidos, Vega M GL/GH não são permitidas (essa é aquela “Vega” que a AMD desenvolveu para a Intel e equipa os i7 8809G, as APUs Raven Ridge são permitidas) e é necessário a inclusão de uma foto do hardware que mostre o mesmo de forma clara

Também é necessário ficar atento ao wallpaper da competição e a necessidade de incluir a aba Mainboard do CPU-Z no screenshot além da aba Sensors do GPU-Z!!!

Screenshot exemplo:

Dicas: Esse benchmark usa DX12, portanto só APUs Kaveri em diante e CPUs Intel com IGP Gen9 (Skylake e sucessores) que podem participar aqui. Notebooks geralmente são uma categoria a parte em relação aos desktops, portanto, botem seus notebooks para trabalhar! 🙂

Estágio 10 – 3DMark Time Spy – GPUs nVidia (uma por geração) – 5 resultados por país

Regras: É necessário incluir o link de validação da UL (antiga Futuremark) junto ao resultado, ES não são permitidos, hardware de servidor e Titan V não são permitidos, SLI não é permitido e é necessário a inclusão de uma foto do hardware que mostre o mesmo de forma clara

Também é necessário ficar atento ao wallpaper da competição e a necessidade de incluir a aba Mainboard do CPU-Z no screenshot além da aba Sensors do GPU-Z!!!

Screenshot exemplo:

Dicas: Esse benchmark usa DX12, portanto só GPUs nVidia do Fermi em diante podem ser utilizadas aqui.

Por enquanto é isso!

Comentários, dúvidas e sugestões são bem-vindas! And may the force be with us! 😀

Um comentário em “HWBOT Country Cup 2018 – Um chamado às armas!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s