Artigos, Memórias

[Review] 1x8GB Crucial Ballistix Sport LT 2400 CL16

Fala pessoal, beleza?

Nesse post irei testar outro kit de memória de baixo custo da Crucial, dessa vez um modelo pertencente a série LT na qual oferece modelos que vão desde os 2400MHz até 3200MHz sendo que assim como o outro kit Crucial que testei recentemente, este também é composto de apenas um módulo só que com especificações de 2400MHz 16-16-16-36 1.2V, portanto, single channel.

O pente de memória em questão vem em uma blister plástico que oferece espaço para dois módulos, apresenta clara identificação da série do produto e cumpre o seu papel de proteger a memória contra danos.

Para a linha LT, a Crucial oferece três opções de cores para o dissipador (cinza escuro, branco ou vermelho) e o mesmo não apresenta iluminação. Como pode ser visto na foto abaixo, o exemplar que tenho em mãos é o vermelho.

Remover esse dissipador é uma tarefa simples pois os mesmos são apenas “colados” nos chips pela interface térmica, então basta esquenta-los um pouco e aplicar um pouco de força na parte de cima, sempre fazendo isso devagar para garantir que não saia nenhum chip colado no dissipador. Apesar disso, dessa vez não farei a remoção dos dissipadores pelo fato de ter pego esse exemplar “emprestado” de uma máquina já montada e como as partes de metal são apenas “coladas” nos chips, após a remoção, a interface térmica tende a perder um pouco da cola.

De todo modo, pela foto abaixo é possível ver que essa memória possui chips dos dois lados do PCB, o que significa que estamos diante de um pente dual rank.

O Thaiphoon Burner identificou esses chips como Micron D9TGG, também conhecidos como Micron B-Die (não confundir com os Samsung B-Die), sendo esses chips de 4Gbit fabricados em 25nm. Na galeria abaixo é possível verificar todo o report e os timings XMP em nanosegundos, o que é uma informação valiosa na hora de usar a Ryzen DRAM Calculator. 🙂

Então vamos aos testes!

Configurações utilizadas:

  • Plataforma AMD:

MOBO: ASUS ROG Crosshair VII Hero

RAM: 1x8GB Crucial Ballistix Sport 2400 CL16 (Obrigado Terabyteshop!)

GPU: Gainward GTX1660 Ti Pegasus OC (Obrigado Terabyteshop!)

PSU: Antec Quattro 1200W

COOLER: WC Custom

SSD: HyperX 3K 120GB

Software: Windows 10 x64, Ryzen Timing Checker 1.05, TM5 0.12 1usmus config v2, AIDA64 5.98.4800.

  • Plataforma Intel:

MOBO: ASRock Z170M OC Formula

RAM: 1x8GB Crucial Ballistix Sport 2400 CL16 (Obrigado Terabyteshop!)

GPU: Gainward GTX1660 Ti Pegasus OC (Obrigado Terabyteshop!)

PSU: Antec Quattro 1200W

COOLER: WC Custom

SSD: HyperX 3K 120GB

Software: Windows 10 x64, AIDA64 5.98.4800

Objetivo e metodologia dos testes: Descobrir qual o limite da Crucial Ballistix Sport LT nas plataformas AM4/1151 e chegar na melhor configuração estável para uso diário. Para isso, usei duas abordagens distintas:

1) O máximo que consegui obter apenas carregando o perfil XMP e subindo clock/tensão.

2) O máximo que consegui obter usando a Ryzen DRAM Calculator como ferramenta de apoio (apenas AM4) e ajustes manuais.

A vantagem da abordagem 1 é que ela é extremamente simples e não demanda qualquer ajuste do usuário no que diz respeito aos timings, entretanto, você paga o preço da simplicidade com menor desempenho pois ai os ajustes são feitos automaticamente pela placa-mãe e podem ser bastante relaxados. Para esse teste, foram aplicados manualmente apenas os timings com os valores da tabela do XMP e todos os demais em AUTO e isso foi feito assim porque algumas placas-mãe alteram automaticamente até mesmo esses timings XMP ao subir a frequência das memórias além do padrão, então como não tenho como saber qual placa-mãe você está usando ai, optei por “travar” no XMP.

Da abordagem 2, o software já calcula todos os timings com base no padrão XMP, na frequência desejada, nos chips de memória usados e com base nessas informações é chega-se a três perfis distintos: Safe, Fast, Extreme, entretanto, até a versão 1.41 da calculadora e para os chips Micron B-Die usados nesse pente, apenas o perfil Safe está disponível, o que significa que para ir além é necessário ter uma noção das relações entre os timings para tentar tirar alguma coisa a mais refinando manualmente. Irei abordar algumas dessas relações nesse artigo, entretanto, recomendo a leitura desse artigo do 1usmus no Techpowerup, que é praticamente a “bíblia” sobre ajustes de memória e overclock nos Ryzen e aborda esses pontos com maiores detalhes.

Para testar a estabilidade, foi usado o TM5 0.12 1usmus config v2 que é uma espécie de “memtest” disponibilizado gratuitamente pelo mesmo autor da Ryzen DRAM Calculator, roda em ambiente Windows e funciona muito bem na plataforma AM4, portanto, quando estiver me referindo a um ajuste “com estabilidade” é que o mesmo passou pelo teste do TM5.

Já na plataforma Intel, irei verificar se é possível ir além do que o obtido na plataforma AMD.

Na plataforma AMD, o clock do CPU foi travado em 4.2GHz e na plataforma Intel, foi mantido em stock, ou seja 3.7GHz.

Os detalhes de como foram conduzidos os testes, metodologia e como esses software foram utilizados estão descritos no texto que acompanham os resultados.

Resultados:

Como disse anteriormente, o primeiro passo foi testar as memórias usando a abordagem 1. Na captura de tela abaixo, é possível ver como fica a configuração padrão (XMP) da Ballistix na plataforma AM4.

Com essa abordagem foi possível carregar o SO com as memórias em até 2933MHz, entretanto, foi necessário subir a tensão da memória para 1.4V para obter estabilidade, não sendo possível ir além disso usando esse ajuste.

Abaixo, a captura de tela do Ryzen Timing Checker mostrando os ajustes dos timings feito de forma automática, reparem que alguns ajustes, entre eles tRDRDSCL, tWRWRSCL, são relaxados automaticamente sendo que esses dois tendem a fazem certa diferença na banda de memória efetiva (leia-se, leitura/escrita/cópia do benchmark do AIDA).

Agora com a abordagem 2, usando a Ryzen DRAM Calculator como ferramenta, comecei pelos 3200MHz com perfil “Safe” e como é possível ver no screenshot abaixo, os timings apresentados são extremamente relaxados. Uma observação que devo fazer é que os ajustes das impedâncias de terminação foram cruciais (sem trocadilho) para se obter estabilidade acima dos 2933MHz e que nesse caso em especifico, foram adotados os valores recomendados pela calculadora no “Termination Block”.

Abrindo um parênteses, esses ajustes se referem a terminações resistivas ligadas ao controlador de memória e o seu ajuste tem como função fazer o “casamento” da impedância entre o receptor (memórias, passando pelas trilhas na placa-mãe) e transmissor (controlador de memória) com o objetivo de diminuir o ruído e efeitos adversos como reflexão de sinal, melhorando a estabilidade e permitindo atingir frequências mais elevadas. Naturalmente esse ajuste varia de acordo com a memória utilizada, design do PCB da placa-mãe/memória e se a mesma é single ou dual rank, portanto, é por essa razão que é possível usar até mesmo 48Ω/53.3Ω no procODT usando uma placa-mãe high-end com um bom kit Samsung B-Die single rank enquanto que no caso da Ballistix 2400, o mínimo foi 68.6Ω.

Trabalhando a partir dai, acabei chegando no ajuste abaixo, o que é uma excelente marca para uma memória de baixo custo 2400 CL16 padrão! Notem que fui relativamente conservador e respeitei as relações entre os timings (exemplo: tRC = tRAS+RP, tRFC = tRC*6 e tRAS = tRP+tRCDRD), o que significa que talvez exista margem para baixar um pouco mais algumas dessas latências. A tensão utilizada foi 1.4V. Ainda tentei ir além, porém não obtive sucesso terminando com postcode “F9” ao tentar 3466MHz, independente dos timings ou tensão utilizada.

E por fim, eis os números de Leitura/Escrita/Cópia/Latência obtidos no benchmark do AIDA64 na plataforma AMD, lembrando novamente que esses resultados são em single channel devido ao fato desse “kit” que recebi ser composto apenas de um módulo e que os resultados em dual channel seriam aproximadamente o dobro na Leitura/Escrita/Cópia e virtualmente idênticos na Latência. 😉

Sobre os resultados na plataforma Intel, foi possível obter estabilidade @ 3466MHz 15-19-19-36 1.41V, algo um pouco melhor do que o obtido na plataforma AMD provavelmente por conta da “indisposição” do Ryzen com memórias dual rank. Na galeria abaixo é possível verificar o resultado do benchmark do AIDA64 e os timings utilizados para esse ajuste na plataforma Intel, lembrando que boa parte dos timings secundários e terciários foram deixados em “AUTO”.

Por fim, ainda foi possível validar 3600MHz usando uma opção para forçar “single rank” disponível na UEFI da excelente ASRock Z170M OC Formula, algo que não é recomendado fazer para uso diário mas que para fins de validação máxima e para alguns benchmarks, é perfeitamente válido.

https://valid.x86.fr/v60bt8

Conclusão:

A Crucial Ballistix Sport LT 2400 CL16 brilhou e mesmo sendo um pente dual rank, apresentou excelentes resultados em ambas as plataformas, tendo inclusive superado a sua irmã maior 2666 CL16 que testei recentemente tanto na frequência quanto nas latências, entretanto, é importante salientar que essa ultima foi muito menos dependente do ajuste fino para obter o seu melhor resultado do que o modelo 2400.

Do ponto de vista do custo-benefício (o famoso CxB), até o momento da publicação desse review, essa memória estava indisponível sendo que o último preço foi de R$351,82, o que é um preço maior do que aquele que é praticado atualmente pelo kit de 3000MHz, que se encontra em promoção. Atualizarei essa parte da conclusão caso essa memória volte a apresentar disponibilidade. 😉

E é isso! Dúvidas, perguntas e sugestões são bem-vindas! Até a próxima!

Gostou desse artigo? Ele lhe foi útil? Contribua com o apoia-se da página para que seja possível continuar trazendo novo conteúdo aqui na The Overclocking Page! 😀

15 comentários em “[Review] 1x8GB Crucial Ballistix Sport LT 2400 CL16”

  1. Esses ajustes que referem a terminações resistivas com o controlador de memória e seu receptor e transmissor, que você citou acima, como descubro essa resistência ideal pra usar? Vc cita: ” na memória utilizada, design do PCB da placa-mãe/memória e se a mesma é single ou dual rank”, mas tipo como acho essa resistência na placa mãe? e na memoria pra casar as 2?

    Curtir

    1. Olá Hanon,

      Bastante pertinente a sua questão! Vamos lá…
      Infelizmente não tem como medir isso dai de uma forma simples, então o jeito é ir na base da “tentativa e erro” mesmo. No caso do ajuste do procODT, que é a terminação resistiva que você tem controle e pode ajustar pela bios da placa, o melhor ajuste deve ficar entre 48Ω e 68.6Ω. “Ah, mas existem opções de valores menores e maiores que esses”, sim, porém 95%+ dos conjuntos (placa-mãe+memória) tem o seu melhor ajuste dentro dessa faixa.

      “Mas como vou saber que cheguei no ajuste correto?”
      O ajuste correto vai dar uma diferença considerável na estabilidade da máquina… É a diferença entre mal fazer 2933 estáveis e depois conseguir 3333 com facilidade usando o mesmo kit de memória, claro, partindo do pressuposto que o tal kit seja capaz disso e os demais timings estejam configurados corretamente para tal.

      Espero ter esclarecido, qualquer coisa só perguntar! 🙂

      Curtir

      1. Então a melhor opção é usar os timings que o programa Ryzen DRAM sugerir e ir mexendo só nas resistências e ir testando a estabilidade e subindo o clock?

        Curtir

      2. Sim, usar de “muleta” aquilo que a calculadora sugerir e ir testando estabilidade/subindo clock devagar.
        Ela também sugere valores pro procodt, RTT e afins, pode usar esses como base ou ver pelo RTC quais valores a placa-mãe está usando em stock e ver se consegue algo a partir daquilo.

        De todo modo, no review das Viper RGB eu fiz os procedimentos de uso da calculadora com mais passos visando justamente deixar algo mais detalhado documentado, qualquer coisa de uma olhada lá também!

        Curtir

    1. Olá Thiago,

      Não tenho como garantir mas acredito que deve funcionar sem problemas e sem maiores dores de cabeça.
      De todo modo, na pior das hipóteses você vai ter que fazer o ajuste manual dos timings em um “meio termo” que funcione em ambas memórias.

      Curtir

  2. Tenho dual channel desse pente de memória e infelizmente só consegui alcançar 2666 MHz com 1.35v nas memórias. Apertei os tempos (os 4 principais) o máximo que deu. Não consegui subir sequer para 2800 (mesmo relaxando os tempos e subindo a voltagem). Seria possível para mim conseguir um overclock maior usando a Dram calculator? Minha placa mãe é uma Z270XP-SLI e meu processador é um I7 7700

    Curtir

  3. Olá Matheus,

    A DRAM Calculator até o momento serve apenas para os CPUs Ryzen.
    Essas memórias são dual rank e isso tende a ser um fator de complicação em algumas mobos Intel também, ainda mais em dual channel. Você chegou fazer o ajuste manual dos timings em sua totalidade para ver se consegue melhorar algo? Algumas placas da Gigabyte não se dão muito bem com ajustes automáticos de memória.

    Curtir

      1. Olá Jeff,

        Se a memória for igual a que eu usei no teste, provavelmente sim, só é necessário fazer os ajustes dos timings manualmente.

        A única observação que faço é que essa memória é dual rank e requer um ajuste de procODT/RTT um pouco diferente (vide artigo), então algumas mobos podem não “gostar” muito dessa memória por conta disso.

        Curtir

  4. Cara, tenho uma memória quase igual a essa.
    Só que a mesma é single rank e tal modelo BLS8G4D240FSBK. Uso em dual Channel e a princípio fiz os testes no Aida e TM5 e passou bem com latência de 70.3ns e tal.
    CL16(16-18-18-38) 1.35v @3133Mhz.
    Será que tá seguro ?
    Quais programas que uso para ver se tá legal ?

    Curtir

  5. Boa noite Giancarlo, sabe dizer se independente da cores elas são iguais? latências e outros detalhes? no mercado livre, a mais barata é a branca e mais cara é a cinza. No caso a crucial vende de 03 cores. (BLS16G4D32AESC-branca) (BLS8G4D32AESEK-vermelha)
    (BLS8G4D32AESBK-cinza).

    Curtir

    1. Rapaz…. tenho um dual channel de BLS8G4D30AESBK.M8FE (cinza) e te digo uma coisa… chip bom viu, acho que é micron e-die rodando aqui a 3533mhz em 16-16-18-18-34-58 1,4v totalmente estável.
      OBS1:Plataforma: TUF Gaming-pro B450 e um Ryzen 2700x.
      OBS2: Perfil xmp das memorias são 3000mhz cl15

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s