Memórias Reviews

[Review] 2×8 GB XPG Spectrix D45G 3600CL18 – Samsung D-Die

Nesse review irei analisar mais um kit de memória da XPG, pertencente a série “Spectrix D45G” que oferece modelos que vão desde os 3600MHz até 4400MHz com capacidades que variam desde os 8 GB até os 32 GB. As amostras desse teste são dois pentes de 8 GB que podem ser adquiridos separadamente e possuem especificações de 3600MHz 18-22-22-44... Continue lendo!

Fala pessoal, beleza?

Nesse review irei analisar mais um kit de memória da XPG, pertencente a série “Spectrix D45G” que oferece modelos que vão desde os 3600MHz até 4400MHz com capacidades que variam desde os 8 GB até os 32 GB. As amostras desse teste são dois pentes de 8 GB que podem ser adquiridos separadamente e possuem especificações de 3600MHz 18-22-22-44.

Os pentes de memória vem em uma caixa retangular que traz uma ilustração do produto, onde na parte traseira, constam informações a respeito do fabricante e uma “janela” que permite ver a etiqueta com as suas especificações. A memória vêm protegida por um “blister” plástico que cumpre bem o seu papel de proteger contra possíveis maus tratos no transporte.

Para essa série, a XPG optou por utilizar um dissipador de alumínio com visual bastante robusto que conta com iluminação RGB programável e compatíveis com softwares de sincronização da ASUS, ASRock, GIGABYTE, MSI.

Ao remover o dissipador, nos deparamos com módulos ‘single rank’ usando chips Samsung D-Die com código K4A8G085WD-BCWE, os quais se referem a um “bin” 3200CL22. Com a exceção de dois vídeos do Buildzoid, não existem mais informações a respeito da capacidade de overclock desses chips, porém, tomando por base os resultados obtidos pelo Buildzoid, é possível esperar comportamento similar aos chips Micron E-Die e Hynix CJR, atingindo frequências razoavelmente altas com timings decentes.

Sobre o dissipador, visivelmente faz bom contato com os chips e deve cumprir bem a sua função.

O Thaiphoon Burner identificou esses chips como K4A8G085WD-BCRC, ou seja, ele acertou o die e errou o “bin”.

Por fim, caso alguém venha a se interessar, nesse documento podem ser encontradas mais informações a respeito do produto.

Configurações utilizadas:

CPU:AMD Ryzen 3 5350G (Obrigado AMD!)

MOBO: MSI B550 Unify-X (UEFI A.44O)

RAM: 2×8 GB XPG Spectrix D45G 3600 MHz 18-22-22-44 (Obrigado XPG!)

GPU: GIGABYTE RX 5500 XT 8 GB (Obrigado Terabyteshop!)

PSU: Antec Quattro 1200W

COOLER: Water Cooler da bancada

SSD: Sandisk 120 GB

Software: Windows 10 2004 x64, TM5 0.12 1usmus config v3, AIDA64 6.32.5600 e Geekbench 3.4.2.

Objetivo e metodologia dos testes: Descobrir qual o limite para uso diário das XPG Spectrix D45G 3600CL18 usando o Ryzen 3 PRO 5350G, além da frequência máxima para benchmarks nessa plataforma.  Para facilitar a compreensão dos resultados, eles foram separados em dois grupos:

1) XMP: Trata-se do máximo possível de se obter apenas carregando o perfil XMP e subindo clock/tensão, parando nos 4733MHz 1:1 com FCLK @ 2366MHz que é o limite para o exemplar de Ryzen 3 PRO 5350G utilizado, claro, isso se a memória que estiver sendo testada conseguir chegar lá.

A vantagem dessa abordagem é que ela é extremamente simples e não demanda nenhum ajuste do usuário no que diz respeito aos timings, entretanto, você paga o preço da simplicidade com menor desempenho, pois os ajustes são feitos automaticamente pela placa-mãe e podem ser bastante relaxados.

2) 24/7 com ajuste fino: E aqui, foram feitos ajustes manuais em todos os timings possíveis visando obter o melhor resultado possível com viabilidade para uso diário. Por conta disso, quando possível, será testado além dos 3800MHz para explorar qual seria o limite da memória em outras CPUs ou plataformas que se beneficiem das frequências elevadas, como, por exemplo, as APUs Renoir e Cezanne e os CPUs Intel, visando “ajudar” os donos dessas plataformas, porém, no caso dos Ryzen 3000 e 5000 baseados em chiplets, o ajuste de melhor desempenho e mais simples de ser obtido geralmente é aquele usando o FCLK sincronizado com a memória, no caso, 3800MHz (RAM) e 1900MHz (FCLK). Nesse artigo consta uma explicação detalhada do porque isso ocorre, de forma que fica a recomendação da leitura para uma melhor compreensão do assunto.

Nos casos 1 e 2, foram utilizados o TM5 0.12 1usmus config v3 para verificar estabilidade, o AIDA64 para ter noção dos números de banda/latência e o Geekbench 3.4.2 para ter uma melhor ideia do desempenho. Para esses testes, a CPU foi travada em 4.4GHz com 1.3V.

  • XMP:

Com essa abordagem, foi possível obter estabilidade no TM5 com 4133MHz com 1.5V, o que implica que diferente dos chips Samsung C-Die, o D-Die escala positivamente com tensão, atingindo um ótimo resultado, especialmente se considerarmos o pouco esforço empreendido, sem ajuste manual dos timings.

  • 24/7 com ajuste fino:

Com os ajustes finos, foi possível melhorar consideravelmente vários timings relevantes para o desempenho, com destaque:

tCL: Esse timing parece escalar com tensão, algo que ficou bastante evidente ao tentar rodar 3800 CL16 com tensão padrão, o que não foi possível, porém, já passando no post com 1.4V e apresentando estabilidade com pouco mais do que isso. Apesar disso, não foi possível rodar com CL14 com até 1.5V, o que trato como uma espécie de limite “genérico” para tensão das memórias em uso diário.

tRCDWR e tRP: Esses timings conseguem trabalhar no mesmo valor do tCL sem dificuldades, o que sugere que eles também escalam com tensão.

tRCDRD: E eis o “pulo do gato” para as Samsung D-Die! Para que a memória conseguisse obter estabilidade no TM5, foi necessário afrouxar esse timing. Ele não parece escalar com tensão e seu valor vai variar conforme a qualidade dos chips e a frequência desejada, onde não deve ser nada incomum chegar a configurações como tCL+6 ou até mesmo tCL+8 para chegar a plena estabilidade. Cabe ressaltar que as plataformas Intel não permitem aplicar o tRCDRD e tRCDWR separadamente, o que implica que nesse caso, o tRCD tende a ser o pior dos dois, ou seja, em Intel, use o tRCDRD como referência.

Command Rate (CR): Nas plataformas AMD, utilize Geardown sempre ativado e Intel, CR em 2T. Essas memórias não funcionam bem com CR 1T.

Abaixo, os números de Leitura/Escrita/Cópia/Latência, obtidos no benchmark do AIDA64 e também no sub teste de memória do Geekbench 3.4.2, lembrando que todos esses resultados passaram no teste de estabilidade do TM5 0.12 v3 e ao menos especificamente para essas amostras, representa algo que pode ser usado diariamente.Nos gráficos abaixo é possível ver os resultados obtidos nos benchmarks:

Conclusão:

As XPG Spectrix D45G 3600CL18 apresentaram boa compatibilidade com a plataforma de testes, trabalhando normalmente com o perfil XMP. No que diz respeito ao overclock, foi possível atingir a marca dos 4133 MHz com 1.5V e estabilidade apenas utilizando o XMP com os demais ajustes feitos de maneira automática pela placa-mãe, o que é uma excelente marca, dada a facilidade da sua obtenção.

Ao fazer o ajuste manual, foi possível obter 3800MHz 16-16-22-16-36 1.5V e 4133MHz 18-18-22-18-38 1.5V, melhorando substancialmente os timings em relação ao ajuste usando XMP, obtendo resultados similares aos obtidos por memórias que usam chips Micron E-Die e Hynix CJR, algo que já pode ser considerado bastante decente para uso diário.

Em relação ao preço (11/12/2021), essa memória pode ser encontrada na Terabyteshop em promoção por R$755, o que no momento, é um valor na média para memórias DDR4 com essas mesmas especificações e iluminação RGB, então, se o que você procura é um kit de memória com visual acima da média e boa capacidade para overclock no que diz respeito a uso diário, certamente as XPG Spectrix D45G atenderão as suas necessidades.

E é isso! Dúvidas, perguntas e sugestões são bem-vindas! Até a próxima!

Gostou desse artigo? Ele lhe foi útil? Contribua com o apoia-se da página para que seja possível continuar trazendo novos conteúdos aqui na The Overclocking Page!

9 comentários

  1. Olá, recentemente adquiri estás memórias e quando apliquei o xmp a 3600 houve muita instabilidade ex: in-game o PC reinicia e o mais estranho é que começa a causar ruídos no áudio (headset), será que pode ser a placa mãe? A 3200 roda tranquilo.
    R5 5600x, gigabyte b550m elite v1, rtx 3070 e fonte 850w.

    Curtir

    1. Então eu tenho uma B560m Auros Elite com um I7-10700k, apenas ativando o XPM e rodando a 3600Mhz eu tbm tive instabilidade no sistema, mas quando eu subi de 1.35v para 1.4v, essa instabilidade parou e eu até conseguir fazer um Overclock para 400Mhz com o padrão CL de 18-22-22-22-44. Vou fazer mais teste e tentar alcançar 4133Mhz e tentar apertar essas latências até 1.45v que é oq a grade maioria esmagadora recomenda para o dia a dia.

      Curtir

  2. Essas memórias são incríveis pelo preço delas, as minhas vieram com chip Samsung D-die e segui exatamente as informações do ajuste fino passado pelo The Overclocking Page, e as memórias subiram 4133mhz Cl18, única alteração foi o 1.5v que decidi testar a 1.45v, executei todos os testes e está 100% estável.
    Obrigado pelo excelente trabalho!
    Config.
    R5 5600g
    B450 aorus elite – BIOS: F63d .

    Curtir

  3. Como eu faço para testar se minhas memorias estão estaveis, estou querendo fazer os ajustes finos mostrados acima mas para não ter nenhum problema com instabilidade eu queria testar a estabilidade dela após o processo.

    Curtir

  4. Giancarlo, ainda nao tenho muita experiência em memórias, voce acha que essa d45g pode ter algum problema de compatibilidade com a x570s aorus elite, porq no manual da aorus nao tem esse modelo específico mas varias Adata que sao as xpg, e por ser uma placa mae lançada recentemente dificil nao ser compatível, certo??

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: