Overclock Extremo

Congelando a Radeon HD 6870 – Resumo da live!

A pouco mais de três anos e meio atrás, postei aqui no site um artigo de overclock extremo daqueles para fechar o ano com chave de ouro, no caso, as vítimas foram uma Radeon HD6870 e o i7 4770K, onde naquela ocasião, foi possível pegar um ouro no 3dmark11 no "ranking" dessa placa, o qual ao longo de todos esses anos, acabou caindo para o quarto lugar... Continue lendo!

Fala pessoal, tudo bem?

A pouco mais de três anos e meio atrás, postei aqui no site um artigo de overclock extremo daqueles para fechar o ano com chave de ouro, no caso, as vítimas foram uma Radeon HD6870 e o i7 4770K, onde naquela ocasião, foi possível pegar um ouro no 3dmark11 no “ranking” dessa placa, o qual ao longo de todos esses anos, acabou caindo para o quarto lugar.

Até então, essa GPU foi testada no máximo no gelo seco, o que implica que a temperatura nunca realmente foi abaixo dos -60 °C e que talvez exista margem para ir adiante com temperaturas mais baixas, então, aproveitando o LN2 que havia sobrado da sessão do Ryzen 3 PRO 5350G, tratei de revisitar essa GPU. Será que deu bons resultados? É o que lhes mostrarei nesse artigo, que também é um resumo da última live, o qual pode ser assistida na íntegra logo abaixo.

O isolamento da placa se manteve em relação à sessão de 2017, a única diferença é que foi aplicado mais uma mão de plastidip na parte traseira e LET (Fita isolante líquida) no VRM da placa. Das modificações, a única alteração foi a instalação de terminais para medição da tensão da GPU, permanecendo os mesmos voltmods para GPU e VRAM que haviam sido feitos.

Vamos às configurações utilizadas e resultados!

  • Configuração utilizada

CPU: Intel i7 11700K (Obrigado Terabyteshop!)

MOBO: ASUS ROG Maximus XII Apex (BIOS 2103)

VGA: AMD Radeon HD6870 (Obrigado AMD!)

RAM: 2x16GB G.Skill Trident Z NEO 3600 CL16

REFRIGERAÇÃO: Kingpin TEK-9 Icon + Kingpin KPX + LN2

STORAGE: SSD Goldenfir 120 GB

FONTE: Antec Quattro 1200W

  • Resultados

As antigas placas de vídeo da ATI e posteriormente AMD, costumam ser bastante amigáveis no overclock extremo, não sendo raro essas GPUs apresentarem bom funcionamento até mesmo com full pot, ou seja, -196 °C, sem depender de bios modificadas ou coisas do gênero, algo que se mostrou verdadeiro para esse exemplar de Radeon HD6870, que não apresentou CB e CBB em cerca de -150 °C, em outras palavras, ao reiniciar ou desligar a máquina, foi necessário aquecer a GPU até essa temperatura para ela tornar a apresentar imagem na tela, o que nesse caso em específico não chega a ser um problema tão sério.

Em relação às frequências obtidas, foi possível completar o 3dmark06 com a GPU trabalhando a 1420MHz com cerca de 1.5V e a VRAM em 1320MHz, o que a julgar pelo ranking do HWBOT, da para dizer que esse exemplar é ótimo! Ainda foi possível completar com a GPU em até 1450MHz, porém, apresentando queda no desempenho, mesmo após aumentar a tensão da GPU além dos 1.5V.

Muito provavelmente deve ser possível passar os demais 3dmarks com frequências similares a essas obtidas no 06, algo que ficará para uma próxima oportunidade, pois nessa o LN2 não foi suficiente. De todo modo, ainda foi possível pegar quarto lugar no 3dmark03 e 06 e sétimo no Vantage, o que está de bom tamanho para uma primeira sessão de testes com a CPU rodando na água. 🙂

Por fim, segue a tradicional galeria de fotos do hardware todo congelado, algo que nunca pode faltar em um post sobre overclock extremo! 😀

  • Conclusão

A Radeon HD6870 sobreviveu mais uma sessão de overclock extremo, apresentando funcionamento exemplar com “full pot”, CBB de -150 °C e escalando com frequências de até 1420MHz com 1.5V na GPU e 1320MHz na VRAM, o que é uma ótima marca para esse exemplar. Sobre os resultados, foi possível pegar dois quartos lugares e um sétimo, o que é novamente excelente, apresentando margem para melhora, afinal, a CPU dessa vez rodou com refrigeração a água e nem todos os testes correram nessa frequência máxima por falta de LN2.

Então por hoje é só pessoal, até a próxima!

Gostou desse artigo? Ele lhe foi útil? Contribua com o apoia-se da página para que seja possível continuar trazendo novos conteúdos aqui na The Overclocking Page!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: